quarta-feira, 21 de março de 2012

Domingo agradável: passeio 18/03

Acordei tarde no último domingo, mas a vontade de pedalar me apressou para acompanhar o grupo. Avisei que estava atrasado, carreguei meu café da manhã e, por fim, encontrei todos no metrô – onde já estava – para irmos até a estação Carandirú, onde começa nosso trajeto.


Pit stop num posto de gasolina ali perto para calibragem de pneus. Triste notícia: bike do César tinha uma câmara de ar furada! Nosso querido organizador volta para casa, insiste que continuemos, depois volta para almoçar conosco. Celso – meu conterrâneo mariliense – ficou responsável por puxar o grupo – e nem deixou a galera parar para um pastel de feira... brincadeira, Celso!


Começamos pela nova ciclovia da zona norte, parte mais tranquila do passeio, onde pudemos bater papo, falar de sustentabilidade e responsabilidade social – certo, Vanderlei? Depois começa a parte mais puxada, sentido centro, atravessando pontes (lugares que nos exigiram mais atenção ao guidão) e, depois de subidas e descidas, chegamos à Avenida São João, passamos pela Ipiranga e retornamos à Paulista pela Augusta, onde, aí sim, tivemos que beber uma aguinha antes de enfrentá-la.


César nos encontra como prometido e almoçamos muito bem no restaurante do Masp, no meio de conversas sérias, não sérias, piadas e risos. César e eu ainda passeamos juntos à tarde, conheço a BSGI (Brasil Soka Gakkai Internacional), organização budista na Liberdade e terminamos a tarde na exposição do cartunista Angeli, no Itaú Cultural, que cito aqui para recomendar a todos.

Enfim, meu terceiro domingo, como sempre agradabilíssimo, na companhia dos gay bikers.

3 comentários:

  1. muito legal, qualquer dia vou pedalar com vocês ! beijo vivi

    ResponderExcluir
  2. Vivi, venha sim!!! Esperamos por vc!!!

    ResponderExcluir
  3. O legal (e perigoso) é estar em cima da magrela batendo um papo. Foi engraçado descer a Angélica papeando com o Lalo sobre a diferença do francês francês e do francês canadense no domingo anterior, e neste último discutir um capitalismo mais responsável com o Fabrício.
    Vandgi

    ResponderExcluir